Sair com as crianças no dia delas

Lentamente, e cumprindo regras de segurança, as atividades dedicadas aos mais novos regressam. No Dia da Criança, sugestões para passar tempo com os mais novos.

Galeria da Biodiversidade - Casa Andresen

A Galeria da Biodiversidade está instalada na Casa Andresen no Jardim Botânico do Porto. É o primeiro Centro de Ciência Viva dedicado à biodiversidade e é um espaço onde o visitante é convidado a conhecer as espécies que habitam o planeta. Aberto de terça a sexta das 10:00 às 18:00, e aos fins de semana e feriados das 10:00 às 13:00. Bilhetes: 5€

Portugal dos Pequenitos

O Portugal dos Pequenitos, em Coimbra, voltou a abrir portas a 28 de maio após sete meses fechado para obras de melhoramento e requalificação. Há agora uma aplicação e um QRcode que permite viajar pelas regiões representadas. Aberto das 10:00 às 19:00. Bilhetes: livre até aos 2 anos; 6,50€ (3 aos 13 anos); 10,50€ (14 aos 64 anos); 6,50€ (maiores de 65 anos).

Zoo de Lisboa

Reaberto ao público após o confinamento, o zoo de Lisboa preparou mais do que o Dia da Criança. As celebrações começam hoje e vão até 8 de junho - assinalando também o dia do Ambiente, a 5, e dos Oceanos, a 8. Peddy Paper, jogos tradicionais e a exposição "Curiosidades sobre as Crias". Aberto das 10:00 às 20:00. Bilhetes: livre até aos 2 anos; 14,50€ (3 aos 12 anos); 22,50€ (13 aos 64 anos); 16€ (maiores de 65). Desconto de 5% na compra de ingressos online.

Impressive Monet & Brilliant Klimt

Zoo Marine

O parque aquático temático Zoo Marine em Albufeira, no Algarve reabriu no mês de maio e tem uma forte componente de animação, lazer e educação ambiental. A lotação do parque está reduzida a 30% do total e é preciso fazer reserva online. Também a máscara ou a viseira são obrigatórias em todas as áreas do parque, com exceção para as atrações aquáticas. Aberto das 10: 00 às 18:00. Bilhetes: Livre para bebés com menos de 1 metro; 22,50€ (até aos 10 anos e para maiores de 65 anos); 31,50€ (dos 11 aos 64 anos).

Côa Parque

O Museu do Vale do Côa, na zona mais a norte do distritio da Guarda, tem originais de arte rupestre, réplica de painéis e informação interativa para melhor transportar os visitantes ao Paleolítico. A coleção deste museu distingue-se de todas as outras por grande parte estar no exterior, nos locais de arte rupestre do Vale de Côa. No final do rio, encontram-se mais de 80 sítios com arte rupestre, 1200 rochas gravadas. Aberto das 9:00 às 19:00. Bilhetes: Livre até aos 3 anos; 3€ (4 aos 12 anos); 4€ (13 aos 17 anos); 4€ (maiores de 65 anos).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG