Citroën C4: Zona de conforto

Este é o novo C4, com versões elétricas e de combustão interna.

Reconhecida pelas noções de conforto e bem-estar em viagem, a Citroën volta a apostar nessa filosofia para o novo C4, que adota também uma variante elétrica lançada em paralelo com as versões de combustão interna. Para essa variedade de oferta foi fundamental o recurso à nova plataforma CMP do Grupo PSA, que se estreia em compactos familiares de segmento C.

Visualmente, o estilo irreverente e aerodinâmico é pautado por elementos como a assinatura luminosa em "V" e pela fusão conceptual de aspetos de uma berlina convencional com os de um SUV, como a maior altura ao solo (156 mm) ou a posição de condução mais elevada. Juntam-se-lhe ainda os valores incontornáveis do conforto decorrentes do programa Citroën Advanced Comfort, de que são exemplo as suspensões com batentes hidráulicos progressivos ou os bancos com efeito acolchoado e 15 mm mais espessos. Na tecnologia, destaque para o head-up display e para o ecrã tátil de 10" com conexão a smartphones e aplicações diversas, enquanto o passageiro passa a dispor de suporte para tablets de grande dimensões.

À escolha estarão versões a gasolina, Diesel e elétrica. A gasolina, o bloco 1.2 PureTech declina-se em variantes de 100 CV (com caixa manual de seis velocidades), de 130 CV (caixa manual de seis velocidades ou automática de oito) e de 155 CV (caixa automática de oito velocidades). Nos Diesel, duas opções com base no 1.5 BlueHDi, de 110 CV (caixa manual de seis velocidades) e de 130 CV (caixa automática de oito velocidades).
Já o ë-C4 tem 100 kW (136 CV) de potência e 260 Nm de binário. Com bateria de 50 kWh, oferece até 350 quilómetros de autonomia. O carregamento pode ser feito em tomadas rápidas até 100 kW, na qual repõe até 80% da carga em meia hora. Para carga completa numa "wallbox" trifásica opcional de 11 kW será preciso esperar cinco horas, enquanto numa tomada doméstica a carga completa leva 24 horas.

A entrada na gama faz-se com o 1.2 PureTech 100 a partir dos 23.608€, passando pelos 27.708€ do 1.5 BlueHDi 110 e pelos 37.608€ do ë-C4.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG