As joias japonesas são eternas

Mazda MX-5 100th Anniversary. Icónico roadster celebra o centenário da marca com uma edição exclusiva, vestida de branco-pérola e capota de lona bordeaux.

Ostenta o epíteto de roadster mais vendido do mundo. E não faz por menos em cada aparição. Nesta edição exclusiva "100th Anniversary", o Mazda MX-5 vestiu-se de branco-pérola para recordar os muitos fãs de que as joias japonesas são eternas.

Este desportivo de dois lugares foi lançado em 1989 e segue já na sua quarta geração. Mas esta edição especial do MX-5 herda os genes do primeiro automóvel de passageiros da Mazda, o R360 Coupé, datado de 1960, e comercializado em grande escala, marcando um estilo futurista pouco próprio da época. Uma forma de homenagear o passado longínquo da marca, fundada a 30 de janeiro de 1920, e que coincide com os 25 anos do representante oficial, no nosso país, a Mazda Motor de Portugal.

Sem acrescentar nada de novo em termos mecânicos, o Mazda MX-5 "100th Anniversary" continua a convencer pelos seus habituais conceitos de tecnologia e baixo peso, tudo pensado para proporcionar momentos de pura diversão ao volante, recorrendo, para tal, ao motor 1.5 Skyactiv-G de 132 cv.

A todas estas características, que nunca poderiam faltar a um MX-5, esta edição comemorativa acrescenta-lhe uma certa dose de vaidade e, porventura, de exibicionismo. Mas que ninguém negue que resulta esteticamente. Ao completo nível de equipamento Excellence, que serve de base, juntam-se-lhe vários elementos exclusivos, caso dos estofos bordeaux (a combinar com a capota de lona) com o logótipo "100th Anniversary" bordado nos apoios de cabeça, tapetes com logótipo "100 Years - 1920-2020", entre muitos outros pormenores, até nas laterais da carroçaria, a recordar o legado histórico da marca de Hiroshima.

Também o comando da chave, aqui naturalmente embelezado com o logótipo "100th Anniversary", é entregue aos clientes num estojo especial, numa proposta que acresce, de origem, um leque de equipamentos de segurança: alerta de atenção do condutor (DAA), Smart City Brake Support frontal (F-SCBS), reconhecimento de sinais de trânsito (TSR), Smart City Brake Support traseiro (SCBS-R) e câmara traseira.

Disponível apenas por encomenda, por 36.858,90 euros, a compra desta edição dá direito a uma miniatura à escala 1:43 do Mazda R360 de 1960, bem como a um inédito e exclusivo livro "Mazda One Hundred", em que se conta e ilustra parte significativa da agora centenária história da Mazda Motor Corporation. Pequenos mimos para os fãs do roadster.

Filosofia Jinba Ittai

Apesar dos preciosismos estéticos, o MX-5 "100th Anniversary" continua a ser um desportivo. E conserva viva a filosofia Jinba Ittai, que junta o automóvel e o condutor como uma só "alma".

Segundo a marca, a velocidade máxima é de 204 km/h, demora 8,3 segundos a cumprir o arranque os 0-100 km/h e o consumo médio, de acordo com a norma Euro 6-d TEMP, é de 6,3 l/100 km. Por sua vez, as emissões de CO2 são de 142 g/km.

Mas isto são números. E as sensações? Valem pelo seu todo. Não se pode dizer que as acelerações sejam fora de série, mas permitem ter momentos de diversão, dada a enorme estabilidade e motricidade deste roadster. As recuperações são um pouco mais a custo e obrigam a recorrer à caixa manual de seis velocidades? Verdade. Mas esta é certa e fiável como poucas.

O Jinba Ittai? Sente-se logo mal nos sentamos ao volante. Não demora muito a sentirmo-nos discípulos desta filosofia, apenas o tempo suficiente para superarmos a frustração de não termos espaço, no habitáculo, para guardar sequer o telemóvel.

Motor 24
jorge.flores@globalmediagroup.pt

Mais Notícias

Outras Notícias GMG