Papa nomeia 13 novos cardeais

Anúncio foi feito esta manhã após a recitação do Angelus, na Praça de São Pedro.

O Papa Francisco anunciou esta manhã, após a recitação do Angelus, na Praça de São Pedro a nomeção de mais 13 novos cardeais, noticia a Rádio Renascença.

O Papa Francisco fixou a data de 28 de novembro, véspera do primeiro domingo do Advento, para a realização de um consistório onde serão criados os 13 novos cardeais.

Alguns dos novos cardeais têm mais de 80 anos, pelo que não terão direito a voto em Conclave.

Na habitual intervenção dominical, Francisco também fez um apelo ao fim de toda a violência, lamentando, nomeadamente, os conflitos em curso na Nigéria e pedindo justiça e diálogo para o país.

Entre os nove que serão criados cardeais e com menos de 80 anos estão os dois novos membros da Cúria, o prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, o arcebispo italiano Marcello Semeraro e o novo Secretário Geral do Sínodo dos Bispos, Mario Grech, maltês.

Entre os 13 novos cardeais está o arcebispo de Santiago do Chile, o espanhol Celestino Aós, e o bispo emérito de San Cristobal de las Casas (México), o mexicano Felipe Arizmedi Esquivel.

Também haverá cardeais do Ruanda e de Kuala Lampur.

A celebração vai acontecer na vigília do primeiro domingo do Advento, início do ano litúrgico no calendário católico e tempo de preparação para o Natal.

Segundo a agência Ecclesia, este vai ser o sétimo consistório do atual pontificado, após os realizados em 22 de fevereiro de 2014, 14 de fevereiro de 2015, 19 de novembro de 2016, 28 de junho de 2017, 28 de junho de 2018 e 05 de outubro de 2019.

Portugal está representado no colégio cardinalício por Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, António Marto, bispo de Leiria-Fátima, e José Tolentino Mendonça, arquivista e bibliotecário da Santa Sé, todos criados pelo Papa Francisco e eleitores num eventual conclave.

No colégio cardinalício está ainda Manuel Monteiro de Castro, penitenciário-mor emérito, e José Saraiva Martins, prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos, ambos com mais de 80 anos.

Mais Notícias