NASA vai lançar sonda que deverá roçar o sol

Será a primeira vez que uma missão entra na coroa solar

A agência aeroespacial norte-americana (NASA) espera lançar nas próximas semanas uma sonda que deverá aproximar-se do sol mais do que nenhuma outra até agora, informou a instituição.

A sonda Parker - batizada em homenagem a Eugene Parker, astrofísico que desenvolveu a teoria dos ventos solares supersónicos - deverá ser lançada do Cabo Canaveral, no Estado da Florida (EUA), a partir de 6 de agosto, segundo um comunicado divulgado pela agência na sexta-feira.

A sonda deverá aproximar-se a seis milhões de quilómetros da superfície solar a uma velocidade que alcançará os 200 quilómetros por segundo, numa missão em que analisará o comportamento da estrela tanto à distância como no próprio local.

Será a primeira vez que uma missão entra na coroa solar, uma região que atinge temperaturas muito acima da que é atingida na superfície do sol.

Neste sentido, Alex Young, perito da NASA, recordou que estiveram a "estudar o sol durante décadas e agora" irão até "onde se encontra a ação".

O projeto pretende avançar no conhecimento das influências do sol e verificar teorias astrofísicas, como a da aceleração dos ventos solares.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG