Homem detido em aeroporto com 20 pássaros vivos fechados numa mala

Um belga foi detido no aeroporto de Lima, no Peru, quando transportava 20 pássaros de espécies protegidas fechados em caixas de cartão no interior de uma mala de viagem.

Um homem belga foi preso no aeroporto de Lima, no Peru, quando pretendia sair do país com 20 pássaros vivos, de espécies protegidas, no interior de uma mala.

Hugo Conings, 54 anos, foi apanhado a tentar traficar os pássaros para fora do país sul-americano em pequenas caixas de papelão, que seguiam no interior da mala disseram as autoridades peruanas.

Segundo a polícia de Lima, o belga preparava-se para voar para Madrid, Espanha, e pretendia vender os pássaros que eram todos de espécies protegidas.

Todos os pássaros sobreviveram, mas alguns mostraram sinais de desidratação e stresse, tendo perdido parte da plumagem depois de passarem horas nas caixas.

Conings foi detido na segunda-feira e arrisca uma pena até cinco anos de prisão por tráfico ilegal de animais de vida selvagem. Os pássaros são nativos da selva peruana e podem também ser encontrados no Equador e na Bolívia.

Entre os pássaros estavam dois tucanos e 16 tangarás, pequenos pássaros de cores vivas que geralmente são procurados pelos traficantes por possuírem farta e colorida plumagem.

O Peru é o lar de mais de 1800 espécies de aves. Mas o tráfico ilegal continua a ameaçar espécies nativas e é considerado uma das principais causas de perda de biodiversidade no país.

Mais Notícias