As seis recomendações da Ordem dos Médicos para combater o vírus e preparar o inverno

O bastonário da Ordem dos Médicos promoveu reunião extraordinária do Gabinete de Crise da Ordem dos Médicos para a covid-19, da qual saíram seis recomendações para combater o vírus e preparar da melhor forma a previsível segunda vaga do vírus no inverno.

A Ordem dos Médicos (OM) divulgou, nesta segunda-feira (10 de agosto), uma lista de seis recomendações que "visam melhorar o combate à pandemia no imediato e preparar também o inverno". Entre as medidas recomendadas pela OM, liderada pelo bastonário Miguel Guimarães, encontra-se a equação de impor o uso de máscara também em espaços púbicos abertos.

1. Maximizar a eliminação da atividade viral durante o verão, aproveitando as temperaturas mais elevadas, o aumento da radiação UV, a dispersão populacional e o encerramento das escolas.

2. Promover a realização precoce do teste de diagnóstico nos contactos de alto risco de casos confirmados, dotando as estruturas dos meios técnicos e recursos humanos necessários.

3. Equacionar a utilização da máscara facial em espaços públicos abertos e de acordo com a avaliação do risco local, sem prejuízo da adoção das outras medidas de prevenção da transmissão e contribuindo para a proteção de outros vírus respiratórios.

4. Elaborar legislação específica e de normas de saúde pública para a realização de eventos de massas com critérios uniformes e coerentes e, no âmbito da pandemia de SARS-CoV-2, de acordo com a avaliação do risco e o nível de atividade epidémica.

5. Facilitar o licenciamento, comercialização e aquisição de novos testes de diagnóstico para o SARS-CoV-2 e o vírus influenza, nomeadamente testes rápidos.

6. Antecipar a vacinação contra a gripe e a possibilidade de prescrição em receita com validade até ao final do ano.

Mais Notícias