Exclusivo A portuguesa que coseu a bandeira americana que foi levada para a lua

Maria Isilda Ribeiro vivia em Nova Jérsia e ajudou a costurar a bandeira norte-americana que se acredita ter sido deixada na Lua, há quase 50 anos. "A minha chefe disse-me para findar a bandeira, que eles queriam levá-la à lua", conta.

Maria Isilda Ribeiro tinha 23 anos quando trocou a vila de Sosa, no concelho de Vagos, por Roseland, Nova Jérsia, nos Estados Unidos. Cá costurava vestidos. Lá passou a coser bandeiras para a fábrica que diz ser a responsável pela "Stars and stripes" que o astronauta Neil Armostrong deixou no solo lunar, em 1969. A emigrante portuguesa fez os acabamentos.

Aprendeu a coser cedo com as tias maternas, costureiras de vestidos de noiva, com quem passava a maior parte dos seus dias de criança. E apesar de ter decidido fazer o curso Agrícola Familiar, no concelho de Vagos, de onde é natural, continuou sempre a coser. O curso dava-lhe emprego nos Açores, mas o amor levou-a para lá do Atlântico. Dois anos de namoro por carta depois, casou-se com um colega de escola, que se preparava para emigrar para os Estados Unidos com a família. Maria Isilda foi atrás.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG