Simon Cowell: "shows de caça-talentos são todos iguais"

O homem que está por trás de formatos como 'Britain's Got Talent' e 'X Factor' critica programas de caça-talentos por continuarem a apostar num painel de jurados com dois homens e duas mulheres.

Produtor, criador, compositor e jurado em dezenas de edições de programas que procuram talentos na música como Britain's Got Talent, America 's Got Talent, X Factor e Pop Idol, Simon Cowell vem agora dizer que "os programas de caça talentos são todos iguais".

Em vésperas de arrancar com a nova edição norte-americana do X Factor, o produtor critica os programas rivais por copiarem o seu estilo de ter dois homens e duas mulheres como jurados."Penso que estes programas começam a parecer todos iguais, com duas mulheres ao centro e dois homens nas pontas da mesa do júri", declarou.

Para inverter a tendência e fazer a diferença, Cowell vai apostar em ter não duas, mas três mulheres e um homem. Para o produtor não há dúvidas: "Agora temos uma interessante secção do meio, que não vou revelar". Confia, por isso, que o novo modelo trará mais química ao formato.

Cowell quer, ainda, que os jurados mudem de atitude: "Fico aborrecido por ver uns milionários a discutir entre si enquanto um concorrente, que está no palco, se pergunta: E eu?"

Portugal já emitiu os formatos de caça-talentos como Operação Triunfo e Aqui há Talento (na RTP), Ídolos e Portugal Tem Talento (na SIC). O formato X Factor está, até setembro, pré-reservado para Carnaxide, havendo a possibilidade de arrancar ainda este ano.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG