Nigella volta à TV. Mais saudável e menos calórica

Chef prepara regresso ao pequeno ecrã com Simply Nigella com receitas menos voluptuosas naquele que é o seu primeiro formato a solo após o polémico divórcio e a acusação de consumo de cocaína.

Simplesmente Nigella. Sem grandes exuberâncias, com poucas calorias e pratos mais saudáveis. Comida simples e rápida de fazer, mas apetitosa. Este é o mote de Simply Nigella, o programa que marca o regresso de Nigella Lawson à televisão e a solo, e que se vai estrear na BBC2 na grelha de setembro, três anos depois de Nigellissima, que a SIC Mulher exibiu por cá.

O novo formato de culinária é, também, o primeiro que a chef britânica vai conduzir desde o polémico divórcio com o colecionador de arte Charles Saatchi, despoletado pelas imagens de agressão física a Lawson numa esplanada de um restaurante em Londres. Simply Nigella marca também o regresso da britânica e autora de livros desde o julgamento de duas ex-assistentes da chef, acusadas por si de terem gasto 360 mil euros do seu dinheiro em viagens e roupas de marca. Foi, de resto, numa das audiências deste julgamento que Saatchi, o ex-marido de Lawson a acusou de ser viciada em cocaína, explicando em tribunal que Nigella consumiu drogas todos os dias durante mais de uma década.

Com uma carreira de 16 anos ligada a programas de culinária, e tendo criado a sua marca com receitas voluptuosas e pouco preocupadas com as calorias, Lawson mostra agora um outro lado com o novo formato, que terá uma "abordagem mais simplista em relação ao que cozinhamos e comemos", prometeu a própria na apresentação da nova programação da BBC2. "O programa será focado em quem não tem muito tempo para cozinhar mas que gosta de comida que não só o faça sentir bem enquanto come como também enquanto cozinha", explicou a chef aos jornalistas.

Com um império de milhões criado em seu nome e imagem - ao longo de oito programas, 10 livros publicados e a comercialização de uma linha de produtos para cozinha, o último desafio de Nigella na televisão ficou, contudo, aquém das expectativas. The Taste, o talent show norte-americano de culinária na qual Lawson era uma das juradas - ao lado de Anthony Bourdain, Ludo Lefebvre e Marcus Samuelsson, deverá ser cancelado após a atual e terceira temporada, avança a imprensa especializada, devido à descida acentuada de audiências. No Reino Unido, a versão britânica foi cancelada pelo Channel 4 ao fim de apenas uma temporada, graças aos fracos resultados comerciais.

Leia mais na edição impressa ou epaper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG