ERC já recebeu 382 queixas contra 'Casa dos Segredos 3'

Quando ainda falta um mês e meio para a grande final do reality show da TVI, as reclamações no regulador superam o total das contabilizadas nas duas primeiras edições.

A polémica no reality show da TVI continua dia após dia, e, depois de cenas de violência física entre os concorrentes Wilson e Hélio, há uma semana, as queixas não se fizeram tardar na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Até à passada sexta-feira deram entrada um total de 382 queixas, garante fonte oficial do regulador ao DN.

"Destas, 232 participações incidem exclusivamente sobre matérias referentes às regras do concurso, que não se inserem dentro das competências da ERC. Nesse sentido, serão encaminhadas para a autoridade que será competente para se pronunciar: a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna", adianta a mesma fonte.

As restantes queixas, um total de 150, "seguirão a sua tramitação processual normal, sendo apreciadas pela Entidade", relata a mesma fonte, que explica que as participações "se prendem com alegados insultos e ameaças à integridade física de alguns concorrentes, publicidade enganosa, linguagem e imagens de teor inapropriado, alegado consumo de estupefacientes e falta de imparcialidade na condução do programa."

Este é um valor substancialmente superior ao registado durante a última temporada de Casa dos Segredos. Em 2011, o total de queixas ficou-se pelas 143. Neste ano, e com apenas um mês e meio de programa decorrido, o valor já duplicou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG