'Dancin' Days' foi mais cara do que 'Sol de Inverno'

Nova novela da SIC, que se estreia dia 16, tem como trunfo um "forte universo feminino" e uma "herança pesada" para igualar. Luís Marques garante que é mais económica do que a antecessora.

Corrupção, crise, traição, homossexualidade, emigração, ambição, vingança, amor, intriga. Estes são apenas alguns dos ingredientes que vão aquecer Sol de Inverno, a novela, sucessora de Dancin"Days, e que a SIC estreia dia 16, com Maria João Luís e Rita Blanco nos principais papéis.

O universo feminino desta novela, produzida pela SP Televisão e escrita por Pedro Lopes, é um dos trunfos para captar o público, garante Júlia Pinheiro. "Estou com uma enorme expectativa. Sol de Inverno tem um elenco extraordinário, é uma novela protagonizada por mulheres e todos sabemos que os portugueses gostam muito de personagens femininas. É a grande aposta da SIC", revelou a apresentadora e diretora de Gestão e Desenvolvimento de Conteúdos do canal de Carnaxide

Já Luís Marques, administrador editorial do Grupo Impresa, a que pertence a SIC, admite que, apesar da recente liderança da estação com a ficção nacional frente à TVI, com Dancin' Days, "esta novela é uma grande responsabilidade e um enorme desafio". "Tem uma herança pesada de Dancin" Days, que começou a ser líder de audiências desde julho do ano passado e continua a sê-lo mais de um ano depois", frisou. E garante mesmo que "Dancin' Days foi uma novela mais cara do que é Sol de Inverno".

Nomes como Diogo Morgado, Cláudia Vieira, Diana Chaves, Rogério Samora, João Perry, Lia Gama, Ângelo Rodrigues ou Ana Nave, entre muitos outros também fazem parte do elenco desta trama.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG