Channel 5 debaixo de fogo por causa de documentário sobre Robin Williams

Um documentário que o canal britânico vai exibir está a ser criticado por fazer uma reconstituição da morte do ator, a 11 de agosto do ano passado.

Um documentário sobre as circunstâncias que envolveram a morte de Robin Williams está debaixo de fogo depois de ter sugerido que vai apresentar uma reconstituição "gráfica" do momento. Trata-se de um episódio da série Autopsy, que se dedica a explicar as mortes de figuras conhecidas e que já dedicou capítulos a Michael Jackson e Michael Hutchence.

Neste caso, em que o ator será interpretado Alain Robin, o Channel 5 defende-se, dizendo que a reconstituição é necessária em nome da "verdade". "O programa vai celebrar a carreira e o talento de Robin, e os detalhes trágicos da sua morte são parte dessa história", explicou um porta-voz do canal.

Recorde-se que o intérprete de filmes de sucesso como O Clube dos Poetas Mortos, Bom Dia, Vietname, O Bom Rebelde ou Peter Pan foi encontrado morto na sua casa de Paradise Cay, Califórnia. O documentário Autopsy: The Last Hours Of Robin Williams vai para o ar na TV britânica às 21.00 do próximo dia 22.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG