Channel 4 vai emitir chamamento para o Ramadão

O canal britânico pretende transmitir a chamada para a oração islâmica todos os dias durante o período do Ramadão. A decisão inédita está provocar muita polémica.

Ralph Lee, responsável pela programação do Channel 4, defende a decisão argumentando que 2,8 milhões de muçulmanos da Grã-Bretanha vivem a celebração na próxima semana. "Cerca de cinco por cento do país participa ativamente no Ramadão", sustenta.

O mesmo responsável lança, ainda, a questão: "Podemos dizer o mesmo de outros eventos que recebem uma intensa cobertura mediática como as celebrações do Jubileu da Rainha?".

"Eu quero provocar as pessoas no sentido de pensarem no Islão de formas não associadas ao terrorismo", esclarece Lee.

Contudo, a polémica instala-se, muito relacionada com a tensão que poderá surgir, dado o choque de comunidades. O partido político UKIP acusa o canal de um golpe de relações-públicas. Ainda para mais, o recente episódio da morte do jovem soldado Lee Rigby, que terá sido assassinado no dia 22 de Maio em Londres por alegados extremistas islâmicos, está ainda fresco na memória de todos.

Abu Zakariyya, do grupo radical de Defesa Emergente do Islamismo, quer ver as leis e doutrinas relativas ao Islamismo na Grã-Bretanha e acrescenta que "só Deus se sabe isto (as orações no canal inglês) não possa ser um passo na sua direção".

O Channel 4 começará a sua programação relativa às orações na próxima terça-feira, com a passagem de um cântico de 3 minutos, que será feito pelo almuadem Hassen Rasool, no dia que marca o início do Ramadão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG