Cada tubarão vai investir meio milhão no tanque da SIC

Os cinco tubarões, escolhidos de um grupo de 100, aplicam o seu próprio dinheiro em Shark Tank. Gravações arrancam em dezembro.

Meio milhão de euros é quanto cada um dos investidores vai disponibilizar, do seu próprio bolso, para investir no novo formato da SIC, Shark Tank Portugal, e que vai estrear-se em antena "em meados de fevereiro", diz ao DN fonte próxima da produção.

O novo conteúdo de Carnaxide vai mostrar, ao longo de 13 emissões, empreendedores oriundos de todo o país que procuraram investimento para os seus negócios ou patentes junto de investidores portugueses ou de ascendência lusa que tenham feito fortuna em áreas de negócio distintas.

A partir do próximo mês, os cinco tubarões escolhidos - Mário Ferreira, Susana Sequeira, João Rafael Koehler, Tim Vieira e Miguel Ribeiro Ferreira - têm agenda marcada para começar as gravações. "O programa vai ser feito nos estúdios da Venda do Pinheiro, arredores de Mafra [ao lado do plateau de Casa dos Segredos 5, TVI] e as rodagens começam na terceira semana de dezembro", avança um elemento conhecedor do projeto ao DN.

Após ser feita uma interrupção para o Natal e o Ano Novo, investidores e empreendedores voltarão a encontrar-se em estúdio na "segunda e terceira semanas de janeiro para prosseguir com as gravações" do formato que "não vai contar, tal como no original, com um apresentador", refere a mesma fonte.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG