Catarina Furtado mostra 'fair play' em entrega de prémios

A apresentadora deu o prémio à série Noite Sangrenta que ganhou a categoria melhor programa de ficção em televisão contra Cidade Despida, série da qual foi protagonista na RTP.

Catarina Furtado apresentou ontem no CCB a Gala de Entrega de Prémios da Sociedade Portuguesa de Autores.

Em mais de três horas de emissão, a apresentadora chamou ao palco todos os vencedores dos prémios para a categoria em que estavam nomeados.

A série Cidade Despida, de Pedro Lopes, da qual foi protagonista, estava nomeada para melhor programa de ficção em televisão, ao lado da novela Meu Amor, de António Barreira, mas perdeu para Noite Sangrenta, de Tiago Guedes. "A malvada Noite Sangrenta ganhou, nós não, mas foi um prémio muito merecido", brincou a apresentadora.

"Não custou nada estar tantas horas em directo. É importante revelar prémios como a dança, pintura, literatura que normalmente não são categorias premiadas. E é o papel da RTP, também divulgar a cultura do nosso país", concluiu no fim da gala.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG