Secretário de Estado da Cultura recebeu notícia com profundo pesar

O Secretário de Estado da Cultura recebeu hoje "com profundo pesar" a notícia da morte do ator, locutor e encenador Igrejas Caeiro.

Nas palavras de Francisco José Viegas, "desapareceu um dos nomes de referência da comunicação em Portugal, e todos recordaremos a sua belíssima voz, a sua dicção, a sua presença e a sua simpatia e generosidade".

"Sempre fiel às suas qualidades políticas e humanas, Igrejas Caeiro usou a voz de forma corajosa, transformando-se num marco na história da rádio portuguesa, mas também num exemplo de participação, mantendo uma presença muito ativa na sociedade portuguesa até ao final da vida", referiu.

"As suas qualidades humanas e a sua merecida popularidade tornaram-no um companheiro fiel -- na alegria e na tristeza -- dos ouvintes da rádio em Portugal", concluiu Francisco José Viegas.

Segundo a Sociedade Portuguesa de Autores, o velório vai decorrer na sede da Fundação Marquês de Pombal, em Linda a Velha, de onde sairá o cortejo fúnebre pelas 14:30 de terça-feira para o cemitério do Alto de São João. A cremação está marcada para as 16:00.

O ator, encenador e locutor Francisco Igrejas Caeiro morreu hoje aos 94 anos.

Citado como um "nomes mais marcantes e populares da rádio, do teatro, do cinema e da televisão em Portugal", Igrejas Caeiro nasceu a 18 de agosto de 1917 em Castanheira do Ribatejo.

A estreia como ator aconteceu em 1940 no Teatro Nacional de D. Maria, em Lisboa, e seis anos depois entrou no primeiro filme da sua carreira: "Camões" de Leitão de Barros.

Como autor, apresentador e empresário, concebeu e difundiu programas como "Os Companheiros da Alegria" e "O Comboio das seis e meia".

Igrejas Caeiro foi afastado da rádio pela ditadura do Estado Novo devido a declarações sobre a ocupação militar portuguesa de territórios na Índia. O regresso à rádio aconteceu após o 25 de Abril.

Do seu currículo consta a fundação do Teatro Maria Matos, em Lisboa, em 1969.

Igrejas Caeiro foi militante do PS, deputado à Assembleia da República e vereador da Câmara Municipal de Cascais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG