Rei Juan Carlos diz que a imprensa o quer ver morto

O monarca de 73 anos, que vai ser operado ao joelho direito, revoltou-se ontem com um grupo de jornalistas. "O que vocês gostam é de me matar", atirou.

O rei Juan Carlos mostrou a sua indignação com a imprensa e irritou-se ontem com os jornalistas presentes num acto oficial no Palácio de Zarzuela, em Madrid.

O monarca de 73 anos, que tem sido assunto constante nos media pelo seu estado de saúde, agravado pelas dores no joelho direito, ao qual será operado nos próximos dias, está irritado com o exagero com que a imprensa espanhola e mundial tem abordado a sua saúde.

Questionado sobre como se sentia, o rei de Espanha atirou: "Fatal, fatal, fatal... como vocês dizem que estou mal... O que vocês gostam é de me matar e pôr-me um pinheiro no intestino. É o que a imprensa faz, sempre", afirmou o marido da rainha Sofia, ainda a coxear e visivelmente enervado.

Depois das fotografias oficiais, Juan Carlos voltou a dirigir-se a um pequeno grupo de jornalistas, com quem trocou algumas palavras. "Nós estamos aqui todos os dias e sim, queremos a informação sempre correcta. Mas nós somos nós, quanto ao resto é mais complicado", dizia uma jornalista ao rei de Espanha, que acabou por ficar mais bem disposto, soltando até alguns sorrisos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG