O anúncio feito para o Super Bowl mais partilhado de sempre

A força esteve com esta anúncio publicitário criado para o intervalo do Super Bowl de 2011 e ainda hoje um recordista.

O evento desportivo que mais audiências televisivas tem anualmente nos Estados Unidos está a aproximar-se. No domingo, milhões de pessoas irão assistir à final da Liga norte-americana de futebol americano (NFL) entre os campeões Seattle Seahawks e os New England Patriots, que decorre no estádio da Universidade de Phoenix, no Arizona. Ao intervalo, o tempo para os anúncios publicitários valem ouro e há sempre grande expectativa em relação à qualidade dos spots.

Da história do evento há um, com quatro anos, que, segundo a Time, mantém o recorde de ser o mais partilhado de sempre. Os segredos do sucesso: o uso da popularidade do Star Wars, a ingenuidade de uma criança e a graça de tê-la vestida de um dos mais conhecidos vilões do cinema.

Basicamente, neste anúncio, a criança está vestida de Darth Vader e percorre a casa tentando usar a força como o vilão de Star Wars. Nada resulta até que o pai chega a casa num Volkswagen Passat. A criança faz uma derradeira tentativa e... o carro liga-se. Não sabe, mas foi o pai quem pôs o motor a trabalhar a partir do interior da casa através do comando.

A marca não anunciava no intervalo do Super Bowl há uma década e receava que o anúncio não tivesse o impacto desejado entre os outros de empresas que haviam feito um investimento maior. Por isso, lançou-o mais cedo, na esperança de o tornar viral ainda antes do grande evento.

Foi o que aconteceu. Às 8h00 da quinta-feira anterior ao Super Bowl o anúncio "The Force" já tinha sido visto 1,8 milhões de vezes no Youtube. E à hora do início do jogo já contava com 17 milhões de visualizações, diz a Time, que revela que se mantém como o segundo anúncio publicitário mais partilhado de sempre (foi ultrapassado em julho de 2014 por um teledisco de Shakira apoiado pelo iogurtes Activia) .

Hoje, o The Force" já ultrapassou a marca dos 61 milhões.

Na época a marca tinha comprado dois espaços de 30 segundos cada, um para o "The Force" e um outro para o "Black Beetle", que mostrava o novo Jetta. Mas os responsáveis decidiram esquecer este último a usar o minuto que tinham na versão longa feita para anunciar o Passat.

Este ano, mais de 20 marcas lançaram já os seus anúncios ou teasers de antecipação. Cada espaço de 30 segundos custa 4,5 milhões de dólares, embora os responsáveis da NBC acreditem que aquela exposição vale perto de 10 milhões, diz a Time.

No ano passado, o Super Bowl atingiu a marca de programa de TV mais visto de sempre nos Estados Unidos, com 111,5 milhões de espetadores.

Mais Notícias