Tribunal Penal Internacional

Opinião

Praljak e o Tribunal Internacional Penal para a antiga Jugoslávia

A 25 de maio de 1993, no auge do conflito bósnio, o Conselho de Segurança das Nações Unidas estabeleceu o Tribunal Internacional Penal para a antiga Jugoslávia (TPIJ) com o propósito de julgar aqueles que ficaram conhecidos como os perpetradores das maiores atrocidades cometidas em território europeu desde a Segunda Guerra Mundial, estabelecer a verdade e promover a aceitação dos factos e assim fazer justiça, de forma a fomentar a reconciliação e o restabelecimento dos laços quebrados pelo conflito. Surgiu deste modo um (dos) instrumento(s) para o processo de estabilização da região.