transparência

Exclusivo

Parlamento

Transparência. Volte-face no PS protege deputados advogados

Comissão para a Transparência votou três diplomas. O último, o Estatuto dos Deputados, acabou muito diferente do texto que estava em cima da mesa, reabrindo o cenário de os profissionais liberais exercerem em sociedades que trabalham para o Estado. O que tinha começado como uma convergência da geringonça transformou-se num entendimento do Bloco Central.

notícias

Quer saber quem tem os seus dados de Facebook?

Tecnológica norte-americana vai alargar a sua funcionalidade de transparência em anúncios para que utilizadores estejam mais conscientes de quem tem e de como são usadas as suas informações. O caso Cambridge Analytica e todos os escândalos de privacidade nos quais o Facebook esteve envolvido desde então obrigaram a rede social a trabalhar mais e melhor na área da transparência. A partir de 28 de fevereiro os utilizadores vão poder saber que empresas é que carregaram para a plataforma dados dos utilizadores para direcionamento de publicidade. A partir dessa data, quando o utilizador carregar no botão "porque estou a ver isto?" vai [...]

Opinião

O populismo e o Dr. Pavlov

Sim, reconheço: há um certo masoquismo entre os projetos do PS para a chamada "transparência" da classe política (e dirigentes públicos em geral). Não entendo, por exemplo, porque é que o projeto sobre a "representação de interesses" (lobbying) só abrange esta atividade quando exercida sobre deputados da Assembleia da República. Posso estar muito enganado, mas palpita-me que o lobbying a sério se exerce muito mais sobre os poderes executivos (governo, administração pública, empresas públicas, autarquias, etc.) do que sobre os legislativos (Parlamento, assembleias municipais).