Teletrabalho

Teletrabalho

Sindicato acusa CUF de incumprimento do estado de emergência e empresa rejeita

O Grupo CUF reage à denúncia do sindicato ao afirmar que "perante a impossibilidade técnica de garantir um atendimento eficaz aos doentes com toda a equipa de contact center em teletrabalho", a empresa "instituiu um regime misto rotativo de teletrabalho e trabalho presencial", medida adotada "em estrito cumprimento com as regras legais" e a segurança dos colaboradores.