Super Dragões

Desporto

Beto, Bruno e Braga, três Boys com Name

Beto, Bruno China e Braga são talvez os elementos mais consistentes da equipa-sensação do campeonato português. É verdade que Wesley encanta pelos pormenores técnicos e pelos golos, mas os três Bês (Beto, Bruno China e Braga) têm provado desde o início da Liga que a liderança do Leixões assenta na segurança do guarda-redes, no sentido colectivo do médio-defensivo e na velocidade de transição do ala-direito. Conforme se viu, de resto, em Alvalade, onde a equipa de José Mota partiu para mais uma etapa no calendário que podia ser de glória, marcada pelas várias mas discretas entrevistas feitas ao treinador do líder e aos jogadores que proporcionaram a Paulo Bento o "pior momento" da época.

Desporto

"Consumo de drogas é usual mas não generalizado nas claques"

Como define as claques portuguesas em geral? O que as move?As claques portuguesas de apoio aos clubes inserem-se, grosso modo, na subcultura de adeptos de futebol denominada de ultra. Enquanto grupos, caracterizam-se por deterem uma organização interna que programa e dinamiza junto dos seus associados as acções de apoio e deslocações aos jogos. Individualmente, na sua maioria são rapazes identificados com o estereótipo da cultura tradicional masculina, marcado pela afirmação e resgate da honra quando ameaçada. No ambiente de confronto do futebol, os adeptos ultras agem colectivamente na afirmação e defesa dos seus clubes de forma exacerbada (até às últimas consequências) e na demarcação pela oposição, onde se inclui a afronta e a minimização dos adversários, tidos não raras vezes como inimigos.