Opus dei

LEIA HOJE NO DN

Dois ex-presidentes da AR e banqueiros na Opus Dei

Em Portugal, a obra está nas Finanças do Governo e na banca. A Irmã Lúcia foi decisiva para o nosso país ser o primeiro, depois da Espanha, a receber a organização. A PIDE até de Marcello Caetano desconfiou. Nos EUA, teve um candidato às últimas primárias republicanas e um antigo diretor do FBI. A história e os estranhos rituais: a autoflagelação silenciosa. Só na última década, o Opus Dei ganhou seis mil membros e está em 66 países. Este é um dos principais assuntos em destaque na edição impressa e no e-paper do DN.