lusodescendentes

Encontro de lusodescendentes

"Houve tempos em que professores diziam a pais que não falassem português com os filhos"

Na última semana um grupo de 50 jovens lusodescendentes encontrou-se nas Caldas da Rainha para esbater preconceitos e desenhar um projeto comum, de técnicas de empregabilidade, com um lado solidário. A iniciativa foi da Cap Magellan, a maior associação de jovens lusodescendentes, sediada em Paris. Luciana Gouveia, a delegada-geral (que tinha apenas cinco anos quando a associação foi criada) acredita que os objetivos continuam a fazer sentido: acabar com os clichés da emigração.