Luís Nuno Rodrigues

Opinião

Os desafios de Biden

Henry Kissinger escreveu que quando Richard Nixon chegou à Casa Branca em 1969 encontrou o país numa situação de quase guerra civil. Joseph Biden Jr., o 46.º presidente dos Estados Unidos, não irá encontrar uma situação muito mais favorável e nela terá de concentrar boa parte das suas energias e empenho, nos primeiros meses da sua presidência. E não será fácil sarar as feridas que hoje afligem a nação americana, a começar pelo grande problema de saúde pública, pelas gritantes desigualdades sociais e raciais, pelas dificuldades na recuperação económica e pela profunda divisão política que faz que existam, na verdade, dois EUA de costas voltadas. As crises que os Estados Unidos atravessam são de tal ordem que o país parece necessitar de um plano tão arrojado e decisivo como o New Deal que o presidente Franklin Roosevelt lançou na sequência da grande crise do final dos anos 1920 ou como o que Lyndon Johnson ensaiou com a sua Great Society de 1964.