JAIME NOGUEIRA PINTO

JAIME NOGUEIRA PINTO

Brasil: o MNE de Bolsonaro que segue Trump e cita Pessoa

"Em 13 anos e meio de vida institucional nos afastámos do dia-a-dia do povo". Palavras de José Dirceu, fundador do PT, chefe da Casa Civil de Lula da Silva e um dos réus nos processos Mensalão e Lava-Jacto, pelos quais foi condenado a mais de trinta anos de prisão. O comentário é do passado dia 12, por ocasião do lançamento do seu livro de memórias, escrito no tempo de prisão que cumpriu até ter sido libertado em Junho, por decisão do Supremo Tribunal Federal, ficando a aguardar em liberdade o trânsito em julgado da sentença de que recorreu. E além desta autocrítica, Dirceu não deixou também de reconhecer que o governo de Bolsonaro tinha base social de apoio, legitimidade e tempo para governar.

Opinião

O amigo imaginário (nos 350 anos da Guerra da Restauração)

Por razões orçamentais, o Bundestag decidiu acabar com o grupo de amizade Alemanha-Portugal. Mas para poupar esforços e talvez como prémio de consolação lembrou--se de amalgamar Portugal e Espanha, não para propor um ménage à trois mas para que constituíssem uma nova entidade, a Península Ibérica, com a qual a Alemanha, a grande Alemanha, passasse a formar um novo "casal amigo": o grupo de amizade Alemanha-Península Ibérica.

Opinião

Um ano depois: the bad guy in Beijing

Num debate sobre o centenário da revolução soviética, discutindo porque é que a Rússia de Putin não comemora Outubro, os participantes na mesa - Raquel Varela, Ruben de Carvalho, Pacheco Pereira, Elíseo Summavielle e eu próprio - fomos mais ou menos unânimes em reconhecer que a razão principal era simples: ideologicamente, a Rússia de Putin não se identifica com os ideais internacionalistas, socialistas, utópicos, dos bolcheviques. E (aqui já não fomos tão unânimes) também não quer endossar a carga negativa do regime soviético.