homicídio

Instalações do SEF

Morte de Ihor. PSP ignora conclusões da IGAI sobre empresa de segurança 

O comportamento que a IGAI considerou "impróprio e reprovável", a vários níveis, dos vigilantes da Prestibel no caso da morte de Ihor Homeniuk, não chega para a PSP abrir uma inspeção extraordinária à empresa. Esta força de segurança diz aguardar pelo final do julgamento que está a decorrer - mas nenhum segurança é arguido no processo criminal.

Exclusivo

Duarte Nuno Vieira

"Não está ainda enraizado em todos os polícias que maltratar é crime"

Perito forense do Alto-Comissariado de Direitos Humanos da ONU, há 16 anos a acompanhar o relator especial para Tortura nas suas missões internacionais, diz que falta ainda em Portugal a consciência do inadmissível dos maus-tratos de detidos e da importância do respeito pelos direitos humanos. Nas polícias como na população em geral - e que o caso Ihor Homeniuk é sintoma disso.