Estatuto

Grupo dos 50 defende um estatuto para o SNS mais centrado no doente e na participação local.

Defende Grupo dos 50

Escolas, autarquias e Segurança Social com papel mais ativo no SNS

Médicos, enfermeiros, magistrados, economistas e outros juntaram-se há mais de dois anos para pedirem a revisão da Lei de Bases da Saúde. E conseguiram através de uma petição à Assembleia da República. Participaram na elaboração da nova lei e agora avançam com uma proposta para o Estatuto do Serviço Nacional de Saúde, cuja a aposta é um novo tipo de gestão, localizado e com a promoção da saúde como objetivo.