diplomacia

Entrevista a Arancha González Laya, MNE de Espanha

"Há uma espécie de felicidade na fronteira hispano-portuguesa"

A chefe da diplomacia espanhola conversou com o DN na semana da reabertura de fronteiras sobre a dor causada pela separação artificial imposta pela pandemia, a força dos laços económicos, também as posições comuns no âmbito da União Europeia. Sobre a gestão dos temas complexos como o caudal dos rios ou a proximidade da central nuclear de Almaraz do território português, Arancha González Laya fala de construir clima de confiança.