Defensor Moura

Portugal

Governo minimiza vitória de Cavaco

reacção O Governo fez ontem questão de recordar a Cavaco Silva as condições em que foi reeleito Presidente da República. Entrevistado na Rádio Renascença, Pedro Silva Pereira, ministro da Presidência, disse que "se há alguma coisa de novo" nestas eleições é o facto de Cavaco ser "o PR eleito com menor número de votos de sempre e com menor percentagem" numa reeleição. E é também o PR "que perdeu mais votos entre a primeira e a segunda eleição".

Portugal

Jardim não esperava votos de Coelho

madeira. "Claro que eu assumo as minhas responsabilidades. Reconheço que, de facto, produzi intervenções públicas no sentido de dizer que o candidato da extrema-direita (leia-se José Manuel Coelho) era também o candidato dos socialistas, invocando a tal 'plataforma', precisamente para arrasar os Partidos da pseudo-esquerda. E se esta levou 'um banho', nunca me passou pela cabeça que os resultados da criatura (José Manuel Coelho) fossem tão longe", escreveu ontem Alberto João Jardim num artigo de opinião publicado pelo Jornal da Madeira. O líder regional reconhece, ainda, que houve eleitorado habitual do PSD a votar Coelho.

Portugal

Nem um eleitor no Corvo votou em Defensor Moura

Zero! Nada! Nenhum! Nem sequer um dos eleitores da ilha do Corvo votou em Defensor Moura, o último classificado nas presidenciais de domingo, que concentrou a maior parte da votação no seu distrito (onde variou entre os 3,27% em Arcos de Valdevez e os 20,07% em Viana do Castelo), obtendo ainda 4,33% em Esposende e 3,07% em Braga. Além do Minho, conseguiu ir ao Algarve registar 2,43% em Aljezur e 2,05% em Loulé, mas ficando abaixo da fasquia do 1% em 103 concelhos.