Crimeia

Exclusivo

Geopolítica

5 anos. A Crimeia é russa mesmo que Ocidente não goste

Em março de 2014, no auge da rebelião na Ucrânia que derrubou o regime pró-russo de Viktor Ianukovitch, forças russas ocupavam a Crimeia e Moscovo decretava a 18 a anexação da península e a sua plena integração na Federação Russa. Era o início de uma crise que, cinco anos depois, continua a envenenar as relações entre a Rússia e o Ocidente.

Crimeia

"Rússia usou na Ucrânia estratégia matrioska"

O vice-ministro ucraniano dos Negócios Estrangeiros, Sergiy Kyslytsya, e a vice-ministra da Informação, Emine Dzhaparova, estiveram em Portugal para uma conferência internacional na Universidade de Lisboa intitulada "A Desocupação da Crimeia - Quando e Como". Sobre o conflito com a Rússia, afirmam que solução não é militar mas sim diplomática e admitem que o processo negocial de Minsk, apesar das debilidades, é melhor do que não haver contacto entre Kiev e Moscovo.