confraria

Castelo de Vide

DN+

7 dias, 7 propostas por Nuno Velez

1. Castelo de Vide Convento de Nossa Senhora da Vitória Domingo 1 de agosto Acordar em Castelo de Vide num convento do século XVII com vista para o castelo de um lado e Marvão do outro, só por si já é um luxo. O Convento de Nossa Senhora da Vitória, a pouco mais de 500 metros do centro da vila, é o cenário ideal para começar o dia com calma e tempo para a meditação. Passear a pé pela vila pode levar-nos aos mais belos e inusitados recantos onde podemos sentir a história a ser contada por cada pedra que compõe a arquitetura centenária das ruas castelo-videnses. Estes caminhos podem conduzir-nos a um passeio mais espiritual, visitando as mais de 20 igrejas que existem em Castelo de Vide. Podemos deter-nos, por momentos, na Igreja Matriz de Santa Maria da Devesa, uma igreja do século XVIII e com uma posterior intervenção no século XIX, com estilos barroco e neoclássico a coabitarem. Aos domingos, às 12h00, celebra-se a missa, calmamente conduzida pelo cónego Tarcísio e onde a eucaristia é celebrada para conforto espiritual dos presentes. Será nesta igreja magnífica que, a 29 de agosto, terá lugar a grande missa cantada, um momento religioso e musical, ponto alto inserido no festival Sons com História. Serão apresentadas peças compostas há centenas de anos, para cada passagem da liturgia, que serão interpretadas novamente como era hábito em tempos passados. O sacerdote celebrará a missa acompanhado musicalmente pelos Alma Ensemble.