Campo de Ourique

7 dias, 7 propostas pelo artista Vasco Águas

DN+

7 dias, 7 propostas pelo artista Vasco Águas

1. Exposição Um Cento de Cestos no Museu de Arte Popular, em Belém. Domingo, 10 de outubro Com curadoria exímia da Passa ao Futuro, esta exposição teve como ponto de partida o estudo de materiais e técnicas usadas nas coleções de cestaria portuguesa do Museu de Arte Popular e do Museu Nacional de Etnologia. Parte de uma pesquisa que está em processo sobre as tecnologias de cestaria portuguesa, esta exposição é também um apelo à ação, através de instrumentos que permitem uma melhor compreensão deste ofício e a sua releitura através de um novo design regenerativo, utilitário, sustentável e a sua adaptabilidade às exigências contemporâneas. Como complemento à exposição, aconselho vivamente uma visita ao site da Passa ao Futuro para ficar a conhecer a importância do trabalho que esta associação tem vindo a desenvolver desde 2016. A missão da PAF, uma iniciativa cultural baseada em pesquisa, é a documentação para preservação do património imaterial e a herança cultural dos artesãos, artífices e ofícios portugueses, promovendo a colaboração e inovação entre artesãos portugueses e designers locais e globais para a criação e produção de novos produtos utilitários. E, já que estamos em Belém, vale sempre a pena (re)visitar a pop-up Store Portugal Manual no Centro Cultural de Belém, localizada na loja dentro das bilheteiras. Para quem não conhece, a Portugal Manual é uma plataforma que tem por missão fazer a ligação entre uma rede de artesãos portugueses contemporâneos e o Mundo, com a missão de criar "um ecossistema de negócios e transmissão de saberes apoiada numa lógica de consumo sustentável". Na pop-up Store no CCB estão presentes cerca de 40 marcas da rede Portugal Manual, de áreas tão diversificadas como a cerâmica, joalharia, iluminação, moda e têxtil, entre outras.