Oficial: queda de árvore na Madeira fez 13 mortos e 49 feridos

Decretados três dias de luto regional na Madeira. Dos feridos, alguns são estrangeiros e seis estão em estado grave

A queda da árvore na freguesia do Monte, na Madeira, fez 13 mortos e 49 feridos, segundo o comunicado do Conselho de Governo regional em que se decretam três dias de luto. Horas antes, as autoridades tinham confirmado 12 vítimas mortais, numa conferência de imprensa onde estiveram presentes o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, e o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, que tutela a Proteção Civil no arquipélago.

No local, morreram dez pessoas; no hospital, perderam a vida mais três pessoas, incluindo uma criança e uma mulher, que não resistiram aos ferimentos, informou Pedro Ramos. Dos 49 feridos, seis estão em estado grave. Quatro dos feridos têm nacionalidade estrangeira: há cidadãos alemães, húngaros, franceses e um holandês que já teve alta.

Segundo o responsável, o alerta para o acidente foi dado às 12:08, tendo os primeiros meios chegado ao local, o Largo da Fonte, cinco minutos depois.

Miguel Albuquerque, o presidente do Governo regional da Madeira, informou que serão decretados três dias de luto na região autónoma. "A nossa prioridade é apoiar as famílias das vítimas e os doentes", frisou o governante, admitindo no entanto que as responsabilidades do que aconteceu "serão apuradas".

Às 19:30, o hospital Nélio Mendonça, no Funchal, fará novo ponto de situação com informações atualizadas do boletim clínico dos feridos.

O Presidente da República deverá chegar ao Funchal pelas 19:30, de acordo com fonte da Presidência. Marcelo expressou entretanto as "mais sentidas condolências" aos familiares das vítimas da queda da árvore no Funchal, adiantando que se irá deslocar à Madeira para se inteirar do ocorrido e levar uma "palavra de alento".

Para responder a informações sobre as vítimas ou pedidos de auxílio, o Governo regional abriu duas linhas telefónicas: 291 705 678 e 291 705 779.

Árvore que caiu terá 200 anos

Muitas das pessoas que se encontravam no Monte, no Largo da Fonte, aguardavam a saída da procissão da igreja, que foi entretanto cancelada. A árvore caiu passaria pouco do meio-dia desta terça-feira. Tratar-se-á de um carvalho com cerca de 200 anos, que caiu pela raiz. Relatos de testemunhas indicam que a árvore estaria presa com cabos de aço e que o tronco estava oco.

Um vídeo amador mostra o momento em que a árvore cai sobre as pessoas que se encontravam no largo (veja quando faltarem 5:45 para o final).

À RTP, uma testemunha disse já ter dado conhecimento às autoridades locais da necessidade de podar as árvores na zona, tendo uma caído há cerca de três meses.

O arraial do Monte é considerado a maior festa da Madeira, contando com a presença das entidades regionais, incluindo o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, nas celebridades religiosas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG