Vítima de abusos sexuais denuncia o pai no Facebook

Uma jovem de 17 anos que foi vítima de abusos sexuais por parte do pai desde os quatro lança um alerta na Internet.

Por uma infância sem dor. É assim que se chama a página de Micaela, 17 anos, no Facebook. "Para quem não me conhece: chamo-me Micaela, tenho 17 anos e sou da Argentina, Buenos Aires. Como muitos de vocês sou também uma sobrevivente de abusos sexuais por parte do meu pai. Começou quando tinha quatro anos mais ou menos, como uma coisa tão inocente como um urso de peluche. Ele tinha um gorila de peluche e eu uma ursinha e ele dizia que eram namorados e que me ia ensinar a brincar", começa a jovem, que quer assim ajudar outros que passam pelo mesmo.

"Posso dizer a todos os sobreviventes que não se calem. A mim, custou-me muito a perceber mas não tive culpa e a vergonha deve ser tida pelo nosso agressor", diz ainda Micaela, que só denunciou os abusos do pai no ano passado depois de na escola se terem apercebido de que alguma coisa se passava. "Vou estar eternamente agradecida ao ESBA de Villa Urquiza por ter denunciado o meu progenitor", escreve noutro texto.

A partir daí, Micaela e a mãe saíram de casa. A jovem, aliás, defende a mãe numa outra publicação no Facebook. Garante que esta não foi cúmplice, que só soube de tudo muito tarde e que a tem acompanhado desde então. Numa entrevista ao La Crónica, Micaela explica, contudo, que acredita que a mãe não quer que o pai vá preso para não perder a pensão de alimentos que este lhes paga.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG