Surto obriga ao encerramento de 1.º ciclo de escola no Funchal

Sete alunos e dois docentes da escola básica da Nazaré, no Funchal, testaram positivo à covid-19 e o Governo da Madeira decidiu encerrar, até 5 de novembro, o primeiro ciclo deste estabelecimento de ensino.

O Governo da Madeira decidiu encerrar, até 5 de novembro, o primeiro ciclo da escola básica da Nazaré, no Funchal, devido ao surgimento de um surto de covid-19, anunciou esta terça-feira a Secretaria Regional da Educação.

Na sua página oficial, este departamento do executivo madeirense refere que sete alunos e dois docentes do estabelecimento de ensino, localizado na freguesia de São Martinho, testaram positivo.

"Na sequência, tendo sido declarada situação de surto, com casos distribuídos por cinco das 12 turmas deste estabelecimento de ensino, impôs-se o encerramento do 1.º ciclo até ao próximo dia 5 de novembro", lê-se na mesma informação.

A Secretaria Regional da Educação acrescenta que 12 turmas desta escola, num total de 227 alunos e 14 docentes, estão a cumprir isolamento profilático.

Segundo fonte da tutela, as valências de creche e pré-escolar deste estabelecimento de ensino encontram-se a funcionar, uma vez que estão instaladas num edifício diferente.

Os alunos, os professores e o pessoal não docente vão ser testados em 30 de outubro.

De acordo com os últimos dados divulgados pela Direção Regional de Saúde, na segunda-feira, a Madeira registou 11 novos casos de covid-19, reportando 103 situações ativas e três pessoas hospitalizadas.

A covid-19 provocou pelo menos 4 945 746 mortes em todo o mundo, entre mais de 243,56 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência AFP.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG