Seis pessoas detidas nos acessos às praias de Santo Amaro de Oeiras e Algés

Seis pessoas foram detidas no sábado nos acessos e interfaces balneares numa operação especial de prevenção criminal para garantir a segurança nas praias de Santo Amaro de Oeiras e Algés, anunciou a PSP.

Em comunicado divulgado este domingo, o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Cometlis) avançou que foram "identificados e revistados várias dezenas de indivíduos que se deslocavam para as praias" de Oeiras, tendo sido detidas seis pessoas por diversos crimes.

De acordo com o Cometlis, duas pessoas foram detidas por posse de armas brancas, um detido com um mandado de detenção, outro por posse de arma de fogo (revolver calibre.32, com 12 munições do mesmo calibre) e um outro por falta de habilitação para conduzir.

Um sexto detido aconteceu por resistência e coação sobre funcionário, tendo-lhe sido apreendidos cerca de seis doses de haxixe, vários comprimidos anabolizantes e ainda a quantia de mais de sete mil euros por se suspeitar da sua proveniência ilícita.

As autoridades apreenderam ainda três armas brancas no chão, que foram arremessadas à chegada da polícia, sem que se conseguisse identificar a quem pertenciam.

Os detidos foram todos notificados para comparecer no Ministério Público de Oeiras na próxima segunda-feira.

De acordo com o Cometlis, no sábado foram desenvolvidas ações operacionais multidisciplinares, contando com várias valências da PSP, tendo como objetivo a deteção de armas proibidas "não raras vezes utilizadas para cometer crimes violentos e profundamente lesivos da integridade física", e também para reforçar os níveis de segurança subjetiva junto dos milhares de cidadãos que todos os dias acorrem às praias em lazer.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG