Segurança Social reforça atendimento por videoconferência para 67 balcões

Este canal de atendimento é uma alternativa ao atendimento presencial e permite aos cidadãos e empresas "serem atendidos na data e hora previamente agendadas, sem terem de fazer deslocações e sem terem de permanecer em filas de espera".

A Segurança Social anunciou esta terça-feira ter reforçado, desde o início desta semana, o atendimento por videoconferência para 67 balcões em todos os distritos do país, aumentando a capacidade para 15 mil atendimentos por mês.

"O Instituto da Segurança Social [ISS] expandiu de forma massiva o seu canal de vídeo atendimento. Desde o início desta semana, e após uma experiência-piloto iniciada em janeiro e que funcionou em nove balcões de atendimento de quatro distritos, este canal passou a contar com uma rede de 67 balcões espalhados por todos os distritos do país, com capacidade para fazer mais de 15 mil atendimentos por mês", lê-se num divulgado esta terça-feira.

Este canal de atendimento é uma alternativa ao atendimento presencial e permite aos cidadãos e empresas "serem atendidos na data e hora previamente agendadas, sem terem de fazer deslocações e sem terem de permanecer em filas de espera".

Segundo o ISS, esta iniciativa "surgiu da necessidade de aumentar a capacidade de resposta e reduzir o tempo para marcação nos serviços de atendimento com maiores tempos de espera, canalizando para o vídeo atendimento os cidadãos e empresas que pretendessem realizar um atendimento presencial, mas que se encontravam em locais onde essas marcações eram mais demoradas".

Durante as experiências-piloto, a Segurança Social diz terem sido realizados "mais de 7.200 atendimentos através de videoconferência, o que permitiu reduzir em 11 dias o tempo de espera nos locais de maior procura por atendimento presencial".

"A maioria dos atendimentos foi realizada nos dois a três dias seguintes ao pedido de marcação".

Tendo em conta a "avaliação positiva desta nova modalidade e a integração de novas funcionalidades", o ISS decidiu passar a disponibilizar esta nova forma de atendimento "de forma mais abrangente e para a generalidade dos serviços realizados em qualquer balcão presencial, com a exceção de pagamentos".

Ao fazer a marcação para vídeo atendimento, o utilizador recebe no seu 'email' uma mensagem com as instruções, o 'link' de acesso à videoconferência, o código de validação para inserir e o 'link' para cancelamento, se não puder comparecer.

Para aceder ao vídeo atendimento nas melhores condições, o ISS recomenda o uso de um computador ou portátil, com câmara frontal, altifalante e microfone.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG