Refugiada afegã em Portugal dá à luz bebé em Leiria

Portugal recebeu até ao momento cerca de 200 cidadãos após a emergência humanitária no Afeganistão.

Uma mulher do grupo de cidadãos afegãos refugiados em Portugal desde setembro deu à luz um bebé, em Leiria, na sexta-feira, disse à Lusa uma das voluntárias da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) que apoiou a mãe.

"O bebé nasceu na sexta-feira ao final do dia na maternidade do Hospital de Leiria. Ambos estão bem e com saúde", contou a voluntária, referindo que a delegação de Leiria da CVP está a apoiar a integração desta família em Portugal.

Em declarações à Lusa, o presidente da CVP, Francisco George, lembrou a importância de os portugueses colaborarem "com o seu apoio às atividades de acolhimento e integração dos refugiados", nomeadamente através dos donativos que podem ser realizados na rede multibanco.

Portugal recebeu até ao momento cerca de 200 cidadãos após a emergência humanitária no Afeganistão.

No final de agosto, o ministro da Administração Interna disse que Portugal tem capacidade financeira para acolher "na casa das centenas" de refugiados afegãos, com prioridade para mulheres, crianças, ativistas e jornalistas.

Os talibãs conquistaram Cabul em 15 de agosto, concluindo uma ofensiva iniciada em maio, quando começou a retirada das forças militares norte-americanas e da NATO, que se encontravam no país desde 2001, na sequência do combate à Al-Qaida após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG