PSP detém 4 homens suspeitos de furtarem viaturas em Santarém, Lisboa e Setúbal

As autoridades detiveram na segunda-feira quatro homens suspeitos de furtarem componentes de automóveis, motociclos e bicicletas nos distritos de Santarém, Lisboa e Setúbal, tendo ficado três deles em prisão preventiva, divulgou hoje a PSP.

Os detidos, com idades entre os 40 e os 43 anos, são suspeitos dos crimes de furto qualificado, falsificação e associação criminosa, ocorridos nos distritos de Santarém, Lisboa e Setúbal, segundo refere, em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

Segundo a polícia, os quatro homens dedicavam-se ao furto de componentes de viaturas na via pública, furto de motociclos e velocípedes no interior de garagens e furto e viciação de viaturas.

"O referido grupo, com uma estrutura organizada e hierarquizada, procedia a um prévio reconhecimento de locais e viaturas alvo, utilizando para o efeito viaturas furtadas, algumas de elevada cilindrada, para poderem eximir-se ao contacto policial em caso de serem detetados, sendo que, numa fase inicial, procediam ao arrombamento de garagens e furtavam velocípedes e motociclos, dedicando-se também nessa fase ao furto de jantes e componentes de automóveis na via pública", descreve a nota.

Numa segunda fase, com o auxílio de um reboque, o grupo dedicou-se ao furto de viaturas, preferencialmente de alta cilindrada, procedia à reprogramação eletrónica das centralinas e faziam chaves codificadas, colocando depois os veículos à venda.

Na sequência de uma operação policial, que culminou com a detenção dos suspeitos nos concelhos de Loures, Amadora e Cascais, as autoridades apreenderam 22 viaturas que tinham sido furtadas, uma viatura pronto-socorro (reboque), várias componentes automóveis, blocos de chassi e jantes, chapas de matrícula e material informático e eletrónico.

Os detidos, que já tinham antecedentes criminais por crimes da mesma natureza, foram presentes ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste, tendo sido aplicada a medida de prisão preventiva a três dos arguidos e apresentações bissemanais a um deles.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG