Portugal é 23.º em novos casos diários na UE. Situação agrava-se no leste europeu

Portugal apresenta uma média diária de 74 casos, muito abaixo da média europeia de 195 e bem longe dos países com mais novos casos diários de infeção, todos no leste europeu, onde a situação epidemiológica se tem agravado no último mês.

Portugal é o 23.º país da União Europeia em número de novos casos diários de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes, segundo o 'site' estatístico Our World in Data, que mostra um agravamento nos países do leste europeu.

Portugal apresenta uma média diária de 74 casos, muito abaixo da média europeia de 195 e bem longe dos países com mais novos casos diários de infeção, todos no leste europeu, onde a situação epidemiológica se tem agravado no último mês.

A Letónia lidera os países da União, e do mundo, com maior número de novos casos por milhão de habitantes na última semana, com uma média de 1,3 mil, quatro vezes superior à média registada há cerca de um mês e que era de 323.

Segue-se a Lituânia com 1,04 mil (era 512 há um mês), a Estónia com 1,03 mil (era 405), a Eslovénia com 809 (era 425) e a Roménia com 782 (era 339). A média mundial de novos casos diários na última semana está em 54. No resto do mundo, além da Letónia, os países com maior média são a Geórgia (1,07 mil), a Lituânia, a Estónia e Sérvia (1,02 mil).

Em termos de mortes diárias atribuídas à covid-19 por milhão de habitantes na última semana, Portugal é o 23.º entre os 27 Estados-membros, com uma média de 0,5 óbitos.

A maioria dos países que lidera em número de novos casos repte-se entre aqueles com maior número de mortes diárias, numa lista liderada pela Roménia (21,64), onde a média também sofreu um aumento significativo desde há um mês (era 6,18).

Segue-se a Bulgária (16,55), Letónia (10,56), Lituânia (10,3) e Croácia (4,97). A média europeia deste indicador é 2,14 e a mundial é 0,9.

No resto do mundo, entre os países com mais de um milhão de habitantes, a Roménia está também aqui com uma média maior, seguida da Bulgária, Arménia (11,31), Ucrânia (11,19) e Letónia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG