Orador de culto religioso detido pela PJ por pornografia de menores

O homem, de 39 anos, encontra-se a aguardar julgamento em prisão preventiva. A PJ apreendeu centenas de ficheiros pornográficos envolvendo menores.

Um homem de 39 anos, orador de culto religioso, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) "fortemente indiciado" por pornografia de menores em Valongo, no Porto, estando a aguardar julgamento em prisão preventiva, adiantou esta segunda-feira (18 de outubro) a PJ.

Em comunicado, a PJ referiu que estes crimes estariam a ocorrer desde setembro de 2019, por via informática.

"A presente investigação teve início numa sinalização por entidades internacionais relativa ao `upload´ de conteúdos envolvendo pornografia de menores em plataformas de Internet. Tais atos foram efetuados a partir de acessos registados no nosso país e que, mais tarde, se veio a apurar terem sido da responsabilidade do agora detido", explicou.

Nesta sequência, a PJ apreendeu na posse do detido centenas de ficheiros de pornografia envolvendo menores, tendo o mesmo sido detido em flagrante delito.

O arguido, de nacionalidade estrangeira, não tem antecedentes criminais em Portugal, concluiu a PJ.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG