Navio de cruzeiro destrói recife nas ilhas Caimão

Mergulhadores locais filmaram os estragos feitos pela âncora do barco, com capacidade para 1800 passageiros

Um recife de coral na Grande Caimão, uma das ilhas que compõem as ilhas Caimão, nas Caraíbas, foi parcialmente destruído pela âncora de um navio de cruzeiro, que estacionou naquelas águas esta semana.

Mergulhadores locais aperceberam-se na proximidade do navio MV Zenit, propriedade da companhia espanhola Pullmantur, e registaram as imagens que mostram a destruição do coral em vídeo, que colocaram no Youtube.

Em risco devido ao aquecimento global, os corais são feitos de micro-organismos vivos e demoram séculos a formar-se. A maioria dos corais tem entre cinco mil e 10 mil anos.

Segundo Scott Prodahl, que fez o vídeo, o departamento ambiental foi alertado opara a situação mas este nada podia fazer, uma vez que o navio estava ancorado numa zona com permissão para isso.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG