NASA vai ao sol já no próximo ano

A Agência Espacial norte-americana vai lançar uma sonda para a atmosfera do sol

A NASA revelou detalhes sobre a sonda Parker Solar Probe, que deverá entrar na atmosfera do sol em 2018. Esta sonda colocará a NASA mais perto do Sol do que qualquer outra missão no passado e deverá responder a muitas questões sobre a atmosfera da estrela.

A sonda Parker Solar Probe recebeu este nome em honra do astrofísico Eugene Parker. O antigo nome era Solar Probe Plus. Este dispositivos tem cerca de 3 metros de altura e foi construída para suportar altas temperaturas e níveis de radiação nunca antes experimentados por outras sondas.

A sonda vai provavelmente orbitar a cerca de seis mil quilómetros da superfície do sol e penetrar na sua atmosfera, conhecida como coroa solar. Desta forma, será possível recolher dados sobre o astro e o vento solar.

Além disso, um dos objetivos da missão é estudar o fluxo de energia "que aquece e acelera a coroa solar e os ventos solares, determinando a estrutura e a dinâmica do plasma e dos campos magnéticos na fonte dos ventos solares e explorar os mecanismos que aceleram e transportam as partículas de energia", segundo um comunicado da NASA, citado pela CNN.

A sonda provavelmente vai estar mais próxima do sol do que o planeta Mercúrio e suportará temperaturas de 2500 graus Fahrenheit, o equivalente a 1371 graus Celsius.

A missão Solar Probe Plus será lançada no verão de 2018 e deverá terminar em 2025. A contagem decrescente para o lançamento já começou no site da Parker Solar Probe. Faltam 425 dias para a NASA chegar ao sol.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG