Mulheres que foram mães recentemente são mais produtivas

Após a gravidez, regressam ao trabalho mais produtivas e são melhores gestoras do tempo. Mesmo que trabalhem em casa

São melhores gestoras de tempo, menos propensas a mudar de emprego, mais produtivas. As mulheres que foram mães recentemente são cada vez mais procuradas pelas empresas, de acordo com um novo estudo da Regus. Para atrair e reter estas mulheres, as organizações devem apostar no trabalho flexível, nomeadamente na possibilidade de trabalharem mais a partir de casa.

As mães que regressam ao trabalho desempenham, segundo a pesquisa, um papel importante na economia, pois contribuem para aumentar o PIB, mediante uma maior participação feminina na força laboral. Mas a dificuldade em conciliar a maternidade recente com a vida profissional é, muitas vezes, um impedimento para voltarem ao trabalho. Daí que 83% dos entrevistados pela Regus (empresa que fornece espaços de trabalho) considerem que as empresas devam ter a flexibilidade como foco.

Leia mais na ediçao impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG