MP pede pena suspensa para pais da menina chinesa que caiu do 21º andar

Os arguidos, ambos de 40 anos, estão pronunciados por um crime de exposição ou abandono, agravado pelo resultado morte da criança

O primeiro-ministro, António Costa, definiu hoje como "muito importante" a mudança do Infarmed para o Porto, garantindo haver tempo para a fazer "a contento de todos".

"Temos tempo para o fazer e iremos fazer certamente [a mudança] a contento de todos", afirmou o primeiro-ministro, em declarações aos jornalistas após uma visita à Escola das Armas, em Mafra.

A mudança para o Porto "dá razão", sustentou, "à própria candidatura apresentada" pela cidade para receber a Agência Europeia do Medicamento, tendo sido uma das preteridas em detrimento de Amesterdão.

"Se o Porto tinha boas condições para acolher a Agência [Europeia] do Medicamento como é que não tem para acolher a agência nacional? Vai ter seguramente", declarou António Costa.

O ministro da Saúde, que esteve hoje reunido com representantes dos trabalhadores da sede da autoridade nacional do medicamento, anunciou, na terça-feira, que a sede da entidade vai ser mudada de Lisboa para o Porto.

Segundo Adalberto Campos Fernandes, a instalação da sede do Infarmed no Porto ocorrerá a partir de 01 de janeiro de 2019.

O Infarmed é um organismo central com jurisdição sobre todo o território nacional que até agora tem funcionado com a sede no Parque da Saúde, em Lisboa.

A missão do Infarmed é "regular e supervisionar os setores dos medicamentos, dispositivos médicos e produtos cosméticos, segundo os mais elevados padrões de proteção da saúde pública, e garantir o acesso dos profissionais da saúde e dos cidadãos a medicamentos, dispositivos médicos, produtos cosméticos, de qualidade, eficazes e seguros", segundo informação no site do organismo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG