Exclusivo Motas. O lado B do hoteleiro Pedro Pinto

O diretor do Corpo Santo Lisbon Historical Hotel diz que as suas duas paixões, motos e hotelaria, são "exigentes e perigosas".

Pedro Pinto é diretor no Corpo Santo Lisbon Historical Hotel, um dos mais premiados hotéis de luxo de Lisboa. Com mais de 20 anos de trabalho na área da hotelaria, descobriu o seu lado B nas motos quando tinha apenas 16.

Ao DN, conta que a paixão pelo motociclismo começou depois de ter andado pela primeira vez numa acelera. Desde então têm sido muitas as motas com que fez (muitos) quilómetros. Desde a Honda CBF 600 à que se tornou a sua predileta: uma Ducati Monster - que afirma ser "a melhor moto do mundo".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG