Migrantes argelinos resgatados pela marinha portuguesa

Sobreviventes do naufrágio foram entregues às autoridades italianas

As 12 pessoas resgatadas pela Marinha portuguesa na sexta-feira ao largo da ilha italiana da Sardenha tinham acabado de naufragar e têm nacionalidade argelina, disse hoje à agência Lusa o porta-voz da daquela força.

Neste grupo encontrava-se um menor, com 16 anos, que foi o único cuja identidade não foi possível confirmar, afirmou o comandante Pedro Coelho Dias.

"Avistámos uma luz emitida por uma espécie de ponteiro laser e foi isso que nos chamou a atenção", acrescentou.

Os sobreviventes do naufrágio foram entregues às autoridades italianas às 02:00, a sul de Cagliari, de acordo com a mesma fonte.

O navio português encontrava-se a participar num exercício organizado pela Marinha italiana, tendo prosseguido a missão depois de entregar o grupo e confirmar que não havia mais vítimas, como se suspeitava.

Após o resgate, os migrantes apresentavam sinais de hipotermia e receberam cuidados médicos a bordo.

Mais Notícias