Menina de três anos paralisada após ser mordida por carraça

Criança sofreu uma paralisia provocada pela saliva da carraça e não conseguia ficar de pé nem mexer bem os braços

Uma criança de três anos ficou parcialmente paralisada depois de ter sido mordida por uma carraça em Oregon, Estados Unidos. Amanda Lewis, a mãe de Evelyn, publicou no Facebook um vídeo que mostrava a filha com grandes dificuldades em ficar de pé e explicou que tudo começou na noite do dia 12 de maio.

Na publicação, Lewis explicou que a menina estava muito irrequieta e com dificuldades em dormir e no dia seguinte não se conseguia levantar, rastejar nem usar os braços.

Preocupados, os pais levaram a filha às urgências. O médico que os atendeu disse que já tinha visto os mesmos sintomas em outras crianças da mesma idade de Evelyn e que provavelmente ela tinha sido mordida por uma carraça, conta a CNN.

A carraça foi encontrada no cabelo da criança e, poucas horas depois de ter sido removida pelos médicos, Evelyn voltou ao normal. A menina sofreu uma paralisia provocada pela saliva da carraça que, no limite, poderia ter provocado insuficiência respiratória ou morte.

A publicação de Amanda, mãe de Evelyn, tornou-se viral nas redes sociais, partilhada mais de 620 mil vezes, já que se trata de um problema grave e desconhecido.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG